Cidades, bicicletas e o legado de Jane Jacobs

Vi no twitter da @lini o link de uma matéria sobre Bicicletas em Copenhagen. O vídeo é um dos primeiros do projeto Cidades para Pessoas, financiado em grande parte por crowdfunding lá no Catarse. O objetivo da jornalista paulistana Natália Garcia é visitar 12 grandes cidades do mundo em busca de idéias e inovações relacionadas a planejamento urbano. O que une estas cidades é o arquiteto dinamarquês Jan Gehl. Gehl tem uma consultoria de planejamento urbano, a Gehl Architects, e desenvolveu uma metodologia para a melhorar a qualidade de vida nas grandes cidades, reorientando o planejamento urbano para que os espaços públicos sejam ocupados por pedestres e ciclistas. Além de ser casado com uma psicóloga, Gehl foi inspirado por Jane Jacobs, escritora e ativista americana que escreveu em 1961 o livro “Morte e vida das grandes cidades americanas” – que descobri por meio de uma citação em uma palestra do Augusto de Franco na CIRS em 2010 e que tem uma biblioteca só dela lá na Escola de Redes.

Um dos livros de Gehl é o Cities for People, que inspira pessoas do mundo inteiro a repensar nossa relação com as cidades e a importância dos espaços compartilhados para aumentar a “vivacidade” das comunidades. Na palestra abaixo, Gehl fala um pouco mais sobre seu livro:

Mas é possível que esta reordenação aconteça nas cidades brasileiras? O pessoal da Revista Bicicleta fez este questionamento em uma entrevista com Jeff Risom, um dos profissionais da Gehl Architects. A resposta curta é sim, é possível. E se você viu o primeiro vídeo vai perceber que além de tudo é financeiramente víavel. Falta só um pouco de vontade dos governantes, repensarmos nossa dependência dos automóveis e observar e pesquisar a maneira como as pessoas usam os espaços publicos na hora de fazer planejamento urbano.

Leave a Reply

  • (will not be published)

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>